Blog

Uma planilha financeira pode não ser a solução

28 de maio de 2017 Renata Fontes

Uma simples pesquisa no Google com o termo “planilha financeira pessoal grátis” (e nem precisa colocar acento no grátis…) traz um conjunto de, aproximadamente, 380 mil resultados. Isso dá uma dimensão da enorme demanda existente pelo download desse arquivo em Excel®.

Aliás, além das planilhas que estão fartamente disponíveis na rede, existem incontáveis textos que ensinam o processo de controle e/ou planejamento financeiro. Nós, da Precisão, inclusive, disponibilizamos um modelo para o público em geral. Clique aqui se quiser conhecê-lo! 

Provavelmente, a grande maioria das pessoas que enfrentam dificuldades financeiras já deve ter se empenhado em preencher uma planilha dessas na tentativa de resolver seus problemas. Mas não se iluda: encontrar o bendito arquivo é o passo mais fácil rumo ao controle do seu orçamento.

Achar a planilha financeira ideal é apenas o primeiro passo!

Após o download da planilha financeira, é necessário superar algumas fases, como em um game. A primeira é aprender a lidar com a própria planilha. Depois disso, há que se reunir diversos papéis, como contratos, boletos, contas de consumo, notas, recibos ou cupons fiscais, para que seja possível preencher o arquivo da maneira correta, de preferência segmentando os gastos em categorias. Mas o principal desafio ainda está por vir.

Se você já fez o download dessas planilhas, prometendo que iria planejar seus gastos mensais, mas parou de acompanhar a evolução deles na terceira semana, você sabe do que estamos falando. Nós imaginamos que isso deva acontecer com frequência… Afinal, não teríamos cliente algum se as planilhas financeiras fossem suficientes para mudar a realidade de uma pessoa, casal ou família.

Não estamos dizendo que planilhas financeiras são inúteis. Sem nenhuma dúvida, elas são importantes para que possamos entender os maiores desequilíbrios no orçamento. Mas, infelizmente, apenas o diagnóstico de uma situação não coloca a vida financeira de alguém em ordem. É preciso bem mais que isso!

O que você deve fazer?

Adote um novo comportamento! Essa é a chave. Mas se você está se perguntando como deve se comportar daqui pra frente, infelizmente, não podemos dar uma resposta. Seria leviano da nossa parte…

A razão é simples. Cada pessoa traz uma história de vida, que tem reflexos diretos na forma como ela lida com o dinheiro. As planilhas financeiras servem para que possamos compreender os padrões de qualquer entidade, seja uma pessoa ou família. Sem elas, precisaríamos de mais tempo para tirar conclusões.

A partir dos padrões, podemos atuar para que as pessoas construam uma vida financeira equilibrada ou, se preferir, saudável. Mudar um comportamento não é algo fácil, mas é totalmente possível. Basta estar aberto e contar com apoio profissional.

Se quiser nossa opinião sobre a sua planilha financeira de gastos mensais, marque uma reunião com a gente. Poderemos dar algumas dicas!

Compartilhar:

Categorias:Blog, Finanças pessoais
Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CA 11, Lote 5, Sala 203-A
Edifício Le Office - Lago Norte
Brasília - DF

+55 61 98401-1256