Blog

Vai passar!

24 de julho de 2020 Renata Fontes

São mais de quatro meses em casa. Quarentena. Clientes são atendidos via Skype, Zoom ou WhatsApp. Apesar de preferir reuniões ao vivo e em cores, é um alívio ter a oportunidade de permanecer trabalhando em tempos tão difíceis. Nem todos têm essa chance, seja pela natureza do trabalho que realizam ou por terem perdido o emprego em razão da pandemia. Segundo o IBGE, ao final do primeiro trimestre do ano, a taxa de desocupação atingiu 12,2% e, infelizmente, esse percentual só vem aumentando…

Estava distante do blog. Inicialmente, enfrentei questões de ordem pessoal que tornaram a escrita impossível.  Depois me vi como a maior parte da população mundial: em total choque com a realidade que estamos atravessando. Mesmo assim, tive vontade de vir aqui. Várias vezes. Só que instantaneamente, me recolhia ao perceber que eu simplesmente não tinha respostas, certezas… E, portanto, não via sentido. Com o tempo, consegui notar que não é preciso ter certezas para escrever. Talvez seja exatamente o inverso.

Saúde é tudo!

Eu ficava me perguntando… O que afinal tem pra ser dito sobre planejamento financeiro quando a vida está por um fio? Por que deveria me  preocupar com a alta do ouro ou a queda da bolsa? E, talvez, aqui tenha recebido uma grande lição. Saúde é tudo! Cansei de ouvir isso do meu pai na infância, adolescência… Mas, sabe como é, não dei muita bola. O fato é que lutamos pela nossa saúde, pois ela significa uma linha tênue entre a vida e a morte. E, por mais que esta seja inevitável, queremos que a morte chegue tarde. Bem tarde. Tanto para nós, quanto para aqueles que amamos.

Então, eu comecei a ver que há muito a ser dito neste momento sobre planejamento financeiro. Por sinal, continuo fazendo lives (não consegui evitar a brincadeira!) todos os dias com os meus clientes.  E, como falar sobre planejamento financeiro é falar sobre vida, em primeiro lugar, se possível, fique em casa. Existe uma legião de profissionais da saúde que estão se arriscando diariamente nessa guerra que o mundo vem travando contra o COVID-19. Evite também aglomerações de qualquer sorte. Qualquer ajuda é muito bem-vinda. Cuide da sua saúde, do seu corpo e da sua mente. Estabelecer uma rotina, manter uma alimentação saudável e dormir bem ajudam bastante, por mais que não evitem momentos de angústia profunda.

Em tempos de pandemia, ajude o próximo!

Pratique o bem, estendendo sua mão ao próximo. Existem muitas pessoas que realmente precisam de ajuda, a despeito do Auxílio Emergencialque vem sendo distribuído pelo Estado, pois sua situação financeira se deteriora numa velocidade assustadora.  É o caso dos prestadores de serviços – cuja renda vem do trabalho imediato ou diário – e da população de rua, que costuma viver das doações em sinais de trânsito, por exemplo. Faça o que está ao seu alcance.  Você verá que atitudes como essa não lhe custam muito. E tendem a aquecer o seu coração.

Vivemos um momento único, particularmente delicado. E, por mais que as incertezas predominem, não deixe de refletir sobre aquilo que realmente importa pra você. Afinal, quando a vida está por um fio, enxergamos tudo com outra lente, de outro lugar… E, nele, há mais compaixão, amor e sabedoria. Nesse cenário de mudança extrema, não faça dívidas.  E procure ver o seu orçamento com outros olhos. Arriscaria dizer que muitos gastos deixaram de fazer sentido.

E lembre-se: vai passar!

Compartilhar:

Categorias:Blog, Finanças pessoais
Tags:, ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CA 11, Lote 5, Sala 203-A
Edifício Le Office - Lago Norte
Brasília - DF

+55 61 98401-1256